Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

18.Abr.20

3 Coisas que Pode Reparar e POUPAR

woman-sewing-while-sitting-on-chair-3738088.jpg

Há pequenas maneiras de evitar o desperdício que o podem surpreender. Para o meio ambiente, é sempre melhor reparar do que comprar novo, mas para a sua carteira também. Por isso, siga esta máxima: se é melhor para o meio ambiente, também é melhor para as suas poupanças!

 

Arranjos de fechos, cursores e molas de casacos

Tem um casaco que já não fecha? O fecho encrava sempre? O cursor está partido? O kispo já perdeu duas molas? Algumas pessoas pensam que isto são motivos para mandar os casacos para a “reforma”, quando na verdade têm uma reparação muito simples. Basta ir a um retrosaria – acredite quando lhe dizemos que aquelas lojinhas “de bairro” tradicionais são um salva-vidas! Pode comprar e coser um novo viés para o fecho. Trocar o cursor (geralmente isto é feito na própria retrosaria por menos de 1€!) e até compôr as molas do kispo. A maioria das molas encaixa-se num determinado standard e, por qualquer coisa entre 0.75€ e 2€, pode resolver o seu problema. 

 

Reparação de telemóveis e tablets

Ecrãs partidos, baterias viciadas, pixéis mortos… Os anos vão passando e as queixas vão-se acumulando. É verdade que reparar um telemóvel ou um tablet exige um pouco mais do que uma viagem até à retrosaria mais próxima, mas também não é propriamente construir um foguetão. Antes de gastar uma grande parte do seu ordenado num telemóvel ou tablet novo, procure um especialista na reparação de telemóveis e tablets na Fixando e compare orçamentos. Muitas vezes, é possível reparar o seu telemóvel (nem que seja substituindo algumas peças!) por um preço muito inferior ao de um novo. 

 

Reparação da máquina de lavar roupa

Quando se trata de grandes electrodomésticos, temos sempre a tendência de pensar que qualquer avaria é fatal. Felizmente, nem tudo nem de ser assim tão dramático! Muitas vezes, pode reparar a máquina da roupa trocando a borracha do tambor, os filtros e os tubos de água. É impossível dizer que uma máquina está pronta para a sucata sem antes pedir a opinião a um técnico especialista. Depois, peça um orçamento para a reparação e decida se vale a pena ou não. De modo geral, terá uma surpresa agradável! 

 

05.Abr.20

Como começar um negócio online como freelancer 

person-using-macbook-pro-on-table-3987020.jpg

 


Muitos de nós já se terão sentado em casa, no sofá, a pensar como poderíamos ganhar dinheiro a partir de casa. É certo que começar um negócio online como freelancer não é fácil mas, com esforço e perseverança, pode começar a construir o seu negócio online. Seja como prestador de serviços (freelancer) ou com uma loja online, deixamos aqui alguns passos para ser bem-sucedido online. 

 

  1. Escolher uma plataforma 

O primeiro que tem de fazer é escolher uma plataforma para o seu negócio. Se é freelancer de serviços (designer, ilustrador, canalizador, electricista, arquitecto, topógrafo, cat ou dog walker, qualquer serviço!), pode registar-se em plataformas como a Fixando, a Zaask ou a Star of Service. Se quer ter uma loja, há diversos ‘marketplaces’ onde se pode registar: Ebay, Etsy ou o português Dott. Se quer ter a sua própria loja, pode usar o Shopify  ou a nova plataforma dos CTT. 

 

  1. Investir nas redes sociais

Mas isto não chega. Além das plataformas que já conhece e que já atraem clientes, também não deve descurar as suas próprias redes sociais. O LinkedIn é um must para os profissionais de serviços, mas para outro tipo de negócios também deve ter um Facebook, Instagram, ou os dois. Produza conteúdo relevante e, para começar, invista também em anúncios. 

 

  1. Conseguir boas reviews

Hoje em dia, não fazemos uma compra sem procurar reviews online. Por isso, é impossível ter um negócio sem ter boas reviews nos agregadores de críticas (por exemplo, Google Maps, Tripadvisor, Zomato, Facebook, etc). Peça a clientes antigos que lhe deixem uma boa “review”, construa um portfólio e nunca deixe de pedir feedback a quem recorrer aos seus serviços. Com isto ganhará confiança e autoridade.