Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

17.Dez.18

4 dicas para ser um bom pai para uma menina

Quando pensam em ser pais, muitos homens dizem preferir ter meninos em vez de meninas. Quer seja porque acham que conseguem partilhar os seus interesses mais facilmente ou transmitir as suas experiências, este é um facto que é difícil de ignorar.

 

pai-filha.png

 

Não é o meu caso - de todo - mas tenho muitos amigos sobre os quais isto é verdade. E foi para estes pais que decidi recolher 4 dicas de peritos de parentalidade sobre como um pai pode educar uma menina.

 

Atenção! Os pais também precisam de dicas sobre como educar meninos, mas isso é tópico para outro(s) (vários!) artigo(s)!

 

1. Amar a mãe da sua filha

A relação entre os pais é a primeira grande lição que a sua filha vai ter sobre como desenvolver e manter relações no futuro. Por isso, é muito importante que ambos os pais trabalhem para ter uma relação saudável e equilibrada, com respeito e afecto. Assim, sabe que está a transmitir à sua filha os valores corretos no que toca ao que ela deve esperar de uma relação no futuro.

 

2. Partilhar os seus interesses com ela

Acha que não consegue jogar à bola com a sua filha? Ou montar um barco em miniatura? São “jogos de rapazes”? Os interesses das crianças desenvolvem-se livremente se não houver condicionamentos por parte dos pais (ideias de brinquedos para crianças!), por isso, nunca assuma que as meninas têm interesses diferentes dos meninos (e vice-versa) e experimente para ver se a cativa!

 

3. Evitar comentários depreciativos

Um dos maiores desafios que a sua filha vai enfrentar durante a sua vida será desenvolver uma auto-estima positiva sobre a sua imagem. Por isso, tenha especial atenção aos comentários que faz sobre outras pessoas, em particular mulheres, porque ela olha para si para ter uma ideia do que esperar do sexo oposto.

 

4. Dizer-lhe que é inteligente, para além de bonita

Nem é preciso dizer que os pais têm um papel crucial no desenvolvimento da auto estima das suas filhas. No entanto, o que é importante é mostrar que a beleza da sua filha não está só na sua imagem mas também no seu intelecto, o que inclui não só inteligência, mas também respeito ou mesmo empatia. Desta forma, ela vai aprender que a sua auto-estima não depende só do seu exterior mas também dos seus valores!

02.Dez.18

Ajudar os filhos ou procurar um explicador?

Uma das minhas maiores preocupações sempre foi que os meus filhos fossem bons alunos. Mas infelizmente, sei que é fácil deixar matéria “para trás” em disciplinas como a Matemática e a Físico-Química. Não é que dependa só deles - todos sabemos que lhes podem sair professores menos bons na calha, tal como me aconteceu a mim em uma ou outra disciplina.

 

Agora que está quase a acabar o primeiro período, tenho alguma ansiedade para saber que notas vão tirar nas principais disciplinas. Quero saber em que estão a ter mais dificuldades e como é que estão a evoluir em comparação ao ano anterior. No caso dos resultados ficarem aquém das expectativas, ainda estamos a tempo de melhorar durante o segundo e  terceiro períodos.

 

Uma das muitas maneiras de melhorar é procurar explicações de Matemática ou de qualquer outra disciplina “problemática”. Sei que alguns pais preferem explicar tudo aos filhos e fazer os trabalhos de casa em conjunto. Mas tenho consciência que não sou capaz de lhes dar as melhores explicações, explicar tudo tal como aprendem na escola - e mesmo que o fosse, não conseguirei acompanhar esse ritmo até ao secundário.

 

Felizmente, não é difícil encontrar explicadores de todas as disciplinas online. Além de websites como o Explica-me, podemos procurar explicadores em plataformas como a Fixando. O que é preciso - isso sim - é tempo para ler todos os currículos, discutir preços, afinar horários e encontrar o explicador indicado para os vossos filhos. O que é bom, porque o nosso orçamento não estica!

 

O que é que vocês acham das explicações? Acompanham os vossos filhos enquanto fazem os trabalhos de casa ou deixa-nos estudar sozinhos? Em que ano começaram a procurar explicações, e para que disciplinas? Deixem-me a vossa opinião e, se conhecerem bons explicadores na zona de Lisboa, enviem mensagem ou deixem nos comentários! Obrigada desde já!