Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

Despertar Cedo

Este blog mostra-te as melhores dicas sobre o dia-a-dia social e financeiro. Tudo para que nunca chegues atrasado!

16.Set.18

E tu, já leste um conto hoje?

Ainda se lembram daquela campanha de há uns anos que vos perguntava com descaramento, “e tu, já comeste fruta hoje?”. Eu espero sinceramente que a vossa resposta seja sim, mas não é de alimentação saudável que venho falar-vos aqui hoje. Não, hoje venho falar-vos de outro hábito muito saudável que tenho vindo a promover aqui no blog: a leitura. A leitura pode ajudar-vos imenso neste penoso regresso à rotina, além de ser essencial para progredirmos enquanto pessoas.

 

Image result for reading in the bus

 

Mas como a vida do séc. XXI nem sempre tem as nossas necessidades enquanto pessoas em consideração, arranjar tempo e espaço para ler não é tão fácil quanto parece. Pelo menos falar por mim: ler no autocarro não é uma opção, porque enjoo. Ao chegar a casa, entre mil e uma coisas que ainda tenho para fazer até amanhã, também é raro conseguir pegar em livros volumosos sem ser ao fim de semana.

 

Se vocês são como eu, então a solução está em ler contos ou microcontos. Passo a explicar: contos tão pequenos que podem ler em questão de minutos. Podem até ler vários por dia: enquanto esperam o autocarro, enquanto esperam que o esquentador ligue… enfim, vocês percebem a ideia. Como são tão pequenos, nem sequer se tornam cansativos de ler no ecrã do vosso smartphone. Mas onde é que encontram estes microcontos? Em todo o lado. Online, em websites especializados ou em blogs, na Amazon, etc. Deixo aqui dois exemplos:

 

Coração Míope, do blog Contos e Ditos de Inês Aroso:

Ele só via bem ao perto. Ela só via bem ao longe. Ele era feliz sem ela. Ela era infeliz sem ele.

"Quem me dera ter um coração míope", suspirou ela, quando, naquele domingo, no jornal, leu que os míopes vêem muito bem ao perto, mas têm dificuldades em ver ao longe.

 

Anos 80. À descoberta da (minha) vida, das Palavras de Areia da Marta Almeida. Fica um excerto:

Em Lisboa, o meu coração e as borboletas do meu estômago agitavam-se com os longos passeios pela cidade com o meu avô, com as idas à praça com a avó, com as idas a Benfica com a mãe e com as idas à Feira Popular com o pai. Cada local tinha um personagem principal. E eu sonhava que era para sempre.

 

09.Set.18

O lado real: 3 posts sinceros sobre problemas que todos temos

Quando estamos a ver blogs e perfis de Instagram, a vida de quem está deste lado pode parecer perfeita. Mas não é. Não temos tudo “figured out”, não comemos sempre comida que parece preparada por um chef Michelin nem nos sentimos sempre a 100%. Por isso hoje deixo 3 posts sinceros e sem preconceitos escritos por 3 bloggers que vocês talvez conheçam bem. Afinal de contas, todos temos problemas!

 

Image result for perfect life

 

Porque é que não acreditamos mais?

 

“Deixamos de acreditar no "era uma vez" e nos finais felizes. Acabamos por criar a categoria isso-só-acontece-nos-filmes”, atira a Carolina do It’s Carol. Será que devíamos acreditar mais em nós, mais nos outros? Será que os filmes e as séries estão a distorcer o nosso mundo? Porque é que somos tão cínicos e nos recusamos a acreditar nos outros? Podem ler o post completo aqui.

 

Assumir os nossos medos

Tendo em conta que todos nós temos medos, porque é que é assim tão errado assumi-los? A maior parte das vezes, só gostamos de falar do melhor da vida online. Mas todas nós temos medos, receios, dias menos perfeitos e horas menos boas. Este post da Mariana do De Costas para  Mar - que nos costuma deliciar com fotos do Algarve e dos melhores gelados de Lisboa - fala precisamente do medo de morrer. Somos todos humanos, after all!


Fazer dieta não é sempre agradável

 

Corpos perfeitos, dieta sem sacrifício. Quantos blogs nos tentam vender este mito? Por isso deixo aqui um relato muito terra-a-terra sobre fazer dieta e perder peso. A Carlota por detrás da Chávena de Chá das Cinco é a primeira a assumir que era the “the ugly fat friend” (a gordinha do grupo de amigos), mas conseguiu chegar ao seu peso ideal através da dieta. As dicas para sobreviver à dieta sem dar em louca vêm da voz da experiência. Vale a pena ler.

 

03.Set.18

Livros Inspiradores para retomar o trabalho

Fazer exercício físico, ter uma alimentação equilibrada e cuidar da mente: estes são os truques para se sentir bem consigo mesmo/a. Mas com o regresso ao trabalho agora em Setembro, as queixas acumulam-se: menos tempo para fazer exercício, menos energia ao final do dia e mais stress. Uma boa maneira de descontrair quando queremos ficar no sofá é ler livros que alimentam a mente!

 

 

 

Uma Vida Muito Boa, J.K. Rowling

 

Na verdade não se trata de um livro - mas sim de uma transcrição de um discurso que J.K. Rowling, a famosa autora da saga Harry Potter, deu em Harvard. Rowling fala das diversas dificuldades porque passou: um primeiro casamento falhado, ter sido vítima de violência doméstica, chegar a Inglaterra como mãe solteira a viver de subsídios, ter visto o seu livro recusado por diversas editoras. Mas isso, ao que parece, foi determinante para percorrer o caminho que a levaria ao sucesso e a uma “vida muito boa”.

 

Os Meninos que Enganavam os Nazis, Joseph Joffo

 

Uma história que nos transporta para a Segunda Guerra Mundial e para a Paris ocupada pelas forças de Hitler. É neste ambiente que conhecemos Joseph, um menino judeu de 10 anos que escapou à morte certa juntamente o seu irmão Maurice, de 12. Uma impressionante história autobiográfica de Joseph Joffo, que nos fala da guerra e da morte, mas também de amizade, generosidade e espírito de sobrevivência.

 

A Sociedade dos Sonhadores, José Eduardo Agualusa

 

Como não podia deixar de ser, também vos deixo uma recomendação de um autor que escreve em língua Portuguesa. Trata-se de José Eduardo Agualusa, que neste “A Sociedade dos Sonhadores” cria diversas metáforas e analogias para explicar a sociedade angolana de hoje em dia. Um livro muito interessante para perceber um pouco mais sobre um país que estará sempre muito unido a Portugal.

 

Se gostaram destas sugestões, vejam mais ideias no blog Um Mar de Pensamentos. Boas leituras!